quinta-feira, setembro 27, 2007

SOU FELIZ COM JESUS...



Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação. O SENHOR Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça, e me faz andar altaneiramente. (Hb 3.17-19A)

Será possível viver o que o profeta Habacuque propõe no texto acima? É bem verdade que todos nós estamos felizes quando boas coisas acontecem e quando coisas ruins acontecem estamos mal, mas porque a bíblia nos fala para mantermos alegria mesmo em tempos ruins? Parece um paradoxo, algo incompreensível humanamente falando. Porém a Bíblia sempre nos orienta

Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos. (Fp 4.4)

Toda esta orientação não esta na bíblia a toa, mas está porque verdadeiramente é possível alegrar-se sempre em Deus, pois ele é além de nossas situações ou sentimentos. Leia a baixo a historia da composição de um dos mais lindos hinos da historia. SOU FELIZ COM JESUS

“Este hino foi escrito por Horatio G. Spafford (1828-1888) nascido em North Troy-NY , no dia 10 de outubro. Ele foi um presbiteriano convertido a Cristo através do evangelista Moody (foi um grande evangelista e avivalista do séc 19). Horatio se tornou um advogado prospero na cidade de Chicago, mesmo depois de seu sucesso financeiro, continuou mantendo um relacionamento estreito com Moody e com um profundo interesse pelas campanhas de evangelização. Tinha apurado gosto pela musica e era devotado ao estudo das Escrituras.Meses antes do grande incêndio que atingiu a cidade de Chicago, em 1871, Horatio tinha feito pesados investimentos financeiros em uma área que foi totalmente destruída pelo fogo. Não bastasse esse terrível abalo financeiro, Spasfford passou por uma dolorosa perda de um filho. Esta morte trouxe grande sofrimento para toda a família. O piedoso advogado, procurando um tempo de refrigério e descanso, resolveu viajar com a esposa e as 4 filhas para a Europa, onde se encontraria com Moody e Sankey em uma cruzada evangelistica na Inglaterra, em 1873.Em novembro daquele ano, devido a inesperados compromissos de negócios, Spafford precisou permanecer em Chicago; mas ele enviou sua esposa e as suas 4 filhas conforme já estava programado no navio S.S. Ville du Havre.Sua expectativa era seguir viagem dias depois. No dia 22 de novembro de 1873, o navio sofreu um acidente e naufragou em 12 minutos. Dias depois, os sobreviventes finalmente chegaram em Cardiff, no Pais de Galles, e a senhora Spafford mandou um telegrama ao seu marido: “SALVA, PROEM SÓ”.As 4 filhas morreram naquele naufrágio. Imediatamente após receber o telegrama da esposa, Spafford tomou um navio e foi ao encontro de sua esposa. Próximo ao local do acidente, Spafford profundamente comovido e sustentado pelo Deus que inspira canções” nas noites escuras, começou a escrever : “ Se paz a mais doce me deres gozar/ Se dor a mais forte sofre/ Oh seja o que for, tu me fazes saber/ Que feliz com Jesus sempre sou.

Em nossa era ainda homens encontram alegria em Deus nos momentos mais tristes e difíceis de sua vida. Como já disse na coluna anterior a tristeza não é melhor que a alegria porém é realidade da vida humana uma eficaz e necessária ferramenta para o crescimento, o amadurecimento. Existe um Deus que está acima da Tristeza e não importa o que eu ou você estejamos sofrendo, Ele Deus é nossa alegria, entregue seu coração inteiramente a ele e tenha certeza nos piores momentos da vida você poderá dizer SOU FELIZ COM JESUS MEU SENHOR.

Pr. Romney Cruz
romneycruz@bol.com.br
Belo Horizonte

3 comentários:

Daniel Simoncelos disse...

precioso esse post. coloquei uma parte dele no meu blog citando que o extraí do seu.

Que Deus continue te abençoando mt.

Abraço.

Paulo Soares Drumond disse...

Pr. Romney, este post é uma bênção. Eu incluí a história de Horatio Spafford no meu blog, citando a fonte de onde retirei.

Que Deus o abençoe sempre.

Quando tiver um tempo, visite meu blog (http://homens-ibcc.blogspot.com).

Elton C. Santos disse...

Lindo texto. Grande história de um homem que, assim como Jó, amou a Deus sobre todas as coisas.

Adaptei seu texto para o meu tumblr (eltoncsantos.tumblr.com) e para o meu blog (http:\\eltoncsantos.blogspot.com) e, claro, citei a fonte. Deus o abençoe.