terça-feira, fevereiro 02, 2010

OMÃ

É com temor do caminho que temos seguido, como igreja de Cristo no Brasil, que compartilho o texto abaixo, onde LUCAS GONZALEZ, que viu em janeiro 2010 a realidade de vida de pessoas onde o evangelho esta em cadeias, porém jamais preso. E nos traz um alerta, o que temos feito de nossa liberdade de fé???? Pr. Romney Cruz

Conhecer um país no Oriente Médio foi uma experiência fantástica, e por isso gostaria de primeiramente agradecer a Deus por ter me dado esta oportunidade única.
Passei 5 dias em Omã no Oriente Médio, ao lado da Arábia Saudita, um país relativamente grande, com uma população de 3 milhões de pessoas a grande maioria islâmicos. Quando digo a grande maioria me refiro a todos os Omanis (aquele que nasce em Omã e mais alguns outros estrangeiros) o restante, estrangeiros que moram la podem ser de outra religião sem ser o Islã.
È curioso visitar um país onde as pessoas são obrigadas a seguir o islamismo, não á opção, não a liberdade de escolha, se você é nascido em Omã, filho de quem é nascido em Omã você tem que ser mulçumano.
O cristianismo La é para os estrangeiros, brasileiros, europeus, africanos, pessoas que moram La que podem continuar sendo cristãos, todavia não possuem nenhum tipo de liberdade.
O cultos são restritos aos domingos, reuniões em casas, vigílias, evangelismo, todos estes programas são vetados, além do governo manter espias dentro da igreja!
A igreja é tão controlada que fica em um bairro murado juntamente com os templos das outras religiões, lembrando que somente estrangeiros podem entrar neste “bairro” que tem na sua frente o Ministério das Religiões tomando conta de TUDO!
Em meio a tantas restrições me impressionou a alegria do louvor, o fervor das orações, a adoração e a comunhão entre os irmãos cada um de um país diferente!
O culto que fui iniciava às 11h e iria até às 13h, cheguei às 11h e a igreja já estava lotada!
Toda esta viagem me fez refletir muito no nosso comportamento com cristãos em um país com tanta liberdade, temos tanta opção de escolha que acabamos não nos comprometendo com nada ou quase nada.
Podemos evangelizar qualquer pessoas que encontramos durante o dia, podemos ler a Bíblia em qualquer lugar, podemos ter uma reunião de oração em nosso trabalho, mas muitas vezes estamos longe de termos um real compromisso com Deus. Somos salvos, já temos Jesus Cristo como nosso Senhor e Salvador, mas a salvação não é o final e sim o inicio de uma vida com Deus.
Gostaria de te desafiar a orar mais, a buscar mais a Deus, a se envolver mais na sua igreja, faça parte de um ministério, viva como um cristão (pequeno Cristo) em santidade e em comunhão total com o Pai.
Agradeço mais uma vez a Deus por ter me dado esta oportunidade de ter conhecido este país, o ministério Jesus é a Resposta em breve irá retornar para o Oriente Médio e contamos com sua oração para juntos conquistarmos aquelas nações para o nosso Deus!
Lucas Gonzalez
Ministerio JESUS É A RESPOSTA

* Igreja cristã em Omã - clique sobre a foto e a veja AMPLIADA.






3 comentários:

Anônimo disse...

Interessantíssimas as impressões sobre o sultanato. Que viagem incrível! Vivemos num país livre e que se diz laico(Brasil). Que possamos viver um cristianismo com Cristo, conhecendo sua vida e sua obra. Caminhemos firmes fazendo discípulos em todas as nações e persistamos firmes à salvação.

Pr. Romney Cruz disse...

Pois é Lucas, que alerta sério você nos deixa, que sejamos integros em Deus para buscarmos uma vida cada dia mais fiel a sua palavra em nossa terra abençoada, e que valorizemos e oremos cada dia mais pelo Brasil, para que de nós Deus possa levantar um grande exercito, para conquistar as naçóes e quebrar cadeias libertando os cativos para Cristo.

José Carlos Brandão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.