domingo, outubro 04, 2009

A VITÓRIA

Porque d´Ele, e por meio d´Ele, e para Ele são todas as coisas. A Ele, pois, a glória eternamente. Amém! (Romanos. 11.36 )

A vitória é necessidade de todo ser humano sobre a face da Terra. O caminho da vida é um caminho de guerras. Em inúmeras formas diversas lutas e circunstâncias se processam na vida de todos nós meros mortais. Alguns lutam para se manterem vivos, alimentando-se de restos, escondendo-se em marquises frias de prédios imponentes das grandes metrópoles, em casebres escuros nas zonas rurais esquecidas. Outros lutam pela paz interior, se afundando em anestésicos e antidepressivos, deitados em suas camas confortáveis dentro de suntuosas mansões. Outros milhares labutam sol a sol para conquistar o pão de cada dia. Doenças, insegurança financeira, drogas, crimes, medo, prisões psicológicas, corrupção, homossexualismo, prostituição, adultério, depressão... em fim fato é que todo ser humano é refém de uma guerra, desejando ansiosamente viver a paz.
Forças das trevas são o inimigo numero um da humanidade. Sua principal arma é o pecado. Sim, pecado, do hebraico (avon) que significa (errar o alvo e trapo de imundícia) (salmo 51.2). Deus criou a humanidade para um propósito: “o Louvor de Sua glória”. Tudo que a humanidade faz fora disso é pecado, um erro ao alvo que produz imundícia. Uma das mais antigas definições das forças das trevas e satanás é Belzebu que significa (pai das moscas). Onde as moscas habitam? Na imundícia. De onde elas vêm? Não se sabe, mas deixe uma carne apodrecer, cheirar mal, que você verá milhares de moscas sobre ela. Isso é o que o pecado faz com a humanidade que foi criada para a paz, pureza e luz. Quando pecamos, belzebu detecta a imundícia e vem trazer suas mazelas e destruições. Mas a história não acaba por aí.
Na plenitude dos tempos nascido sob a lei, tendo sido homem perfeito sem pecado algum, limpo, puro sem imundice, trouxe a libertação a todo ser humano sobre a face da terra, que reconhece seu sacrifício e o aceita como seu Senhor e Salvador. Jesus Cristo o Rei da glória. O salmo cento e três, de um a quatro diz: Bendize ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga ao seu santo nome. Bendize ó minha alma ao Senhor, e não te esqueça de nem um só de seus benefícios ele é quem perdoa todas as tuas iniqüidades; quem sara todas as tuas enfermidades; quem da cova redime a tua vida e te cora de graça e misericórdia...
Se Belzebu, de posse de nossa imundice humana sem Deus, quer destruir nossa vida, prendendo-nos a derrota, Ele Jesus sara todas as nossas enfermidades e da cova redime nossa alma, dando-nos condições de: por Ele, por meio d´Ele e para Ele, vivermos uma vida de vitórias em todo tempo, independente da circunstância que nos cerca, sabendo que em todo tempo somos mais que vencedores, que esse tempo de lutas e provações que vivemos hoje, é transitório, temporário. E o peso de glória que há de vir é eterno e os anos de lutas que vivemos aqui jamais poderão se comparar com a eterna glória que viveremos em muito breve. Creia em Jesus de todo o seu coração faça dele a sua vida e você verá suas lutas rendendo-se a vitória que Jesus venceu para nós na cruz.

Pr. Romney Cruz
romneycruz@bol.com.br

2 comentários:

Anônimo disse...

Pois É Pr. Romney, acho q deve continuar firme no propósito desse blog. Deve repassar seus conhecimentos e td o q Deus te deu. Transbordar, ou melhor fluir como um bambú oco (canal desobstruído, para a glória de Deus e edificação do corpo.
Te amo mto.

Pequena em Detalhes disse...

"E o peso de glória que há de vir é eterno "

AMEM!!!

gostei muito do blog! agora te sigo!!

Te vejo no festival??!!

divulga na sua igreja tb!!

beijos pra todas as belas ai da sua casa!!